Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com a política de privacidade.

Faz de conta

Publicado por Nelson 13/12/2015 0 Comentários

Faz de conta que...

Sou um super pirata à procura de tesouros com a ajuda da minha bússula e do meu mapa!

Sou uma Fada que espalha magia com a minha varinha mágica para que todos sejam felizes!

Sou um pequeno Índio protector da natureza e com o meu arco e flecha protejo a minha tribo!

Sou uma linda princesa, vivo num maravilhoso castelo e adoro espalhar flores por onde passo!

Quem já não imaginou ser uma personagem assim? Quem já não observou os mais pequenos fazê-lo? 

A brincadeira do faz de conta está presente nas crianças de todas as idades. E ainda bem! O brincar de faz de conta permite à criança a construção do mundo real, pois brincando ela trabalha com situações que vive no social, podendo assim compreendê-lo melhor. 

Ao brincar a criança sai do papel papel passivo para o ativo trazendo a ela a oportunidade de enfrentar medos. A criança cria em seu mundo imaginário um caminho para adquirir poder. Neste caminho de aquisição de poder vive o seu momento de super-herói, e tem na sua mão o poder de governar o seu próprio destino. “Bricando, portanto, a criança coloca-se num papel de poder, em que ela pode dominar vilões e situações que provocariam medo ou que a fariam sentir-se vulnerável e insegura”. (KISHMOTO, 2003, p.66)

O faz de conta permite à criança resolver problemas presentes, mas também passados, contribui para a aprendizagem da tomada de decisões, reforça a autonomia da criança sem medo das imposições dos adultos. Com a brincadeira do faz de conta reforçamos a capacidade de planeamento e a assimilação de regras sociais, familiares, escolares que são impostas às crianças todos os dias. Desta assimilação resulta uma criança mais confiante e mais feliz!

Segundo Winnicott, pediatra e psicanalista, “é no brincar, e somente no brincar que o indivíduo, criança ou adulto, pode ser criativo e utilizar a sua personalidade integral e é somente sendo criativo que o índividuo descobre o eu.”

Queremos que as crianças briquem, e brinquem muito! Brinquem ao faz de conta sozinhas, com os irmãos, primos, com os Pais! Brincar ao faz de conta é um processo natural do desenvolvimento de todas as crianças, e nós adultos podemos estimulá-lo ainda mais deixando-nos contagiar pelas brincadeiras das nossas crianças. Saimos todos a ganhar!

Boas brincadeiras.

 

Leitura de referência:

  • KISHIMOTO, Tizuko Morchida. “O jogo e a educação infantil.” São Paulo; Pioneira, 2003.
  • OLIVEIRA, Elisangela; RUBIO, Juliana. “ O Faz de Conta e o Desenvolvimento Infantil”. Revista eletrônica Saberes da Educação; volume 4-nº1; 2013.

Comentar